sábado, 31 de julho de 2010

Antiácido para a azia dos pensamentos

Vê os frutos do superlativo absoluto sintético : produtos daquela imagem, que de tanto a quereres, tanto ou mais a afastas – ela consome-te. Eu disse-te, o vício materializa-se entre a fina parede que te separa de tudo o resto, uma fina parede que se chama pele. Na pele estás e ficas, sem que de modos alheados tentes respirar em outros poros, para que não os corrompas. 

Poderás viver em vários estratos, conforme o pulsar das essências que te preenchem, mas serás sempre a coisa inacabada, que começou em coisa alguma, a não ser em porcaria nenhuma. Os factos que vês são produtos armazenados, são sessões de terapia induzida para que acredites no que é bom acreditar. No fundo, e até mesmo à tona, não passas de uma triste realidade induzida por factores desorganizados no lado interno que precisa ser reparado. E uma boa aula de transe pode fazer maravilhas por isso.
Afasta-te dos vasos de flores. Estragas o composto  de qualquer pintura real, ou mesmo artificial, captada por lentes alheias distraías. Não passas de um ciclo de emoções num local ilustrado de dias nulos, que nada trazem de novo, com os quais nada se aprende. Onde se morre em perfeita parvalheira. Não és denominador nenhum, de coisa alguma, a não ser, como já disse, das vísceras de porcaria nenhuma.
Anda longe da noite. Dorme com as galinhas e não estragues o melhor dos dias; nas noites ando eu e eu não quero cruzar-me com as entranhas da tua mediocridade.
Aprende a rastejar, tu que achas que andar em bicos de pés faz de ti uma espécie de bailarina em ascensão. Não faz. Antes voltássemos para o paleolítico. Antes fôssemos caca de bisonte. Antes fôssemos descerebrados. Antes não nascêssemos.
Talvez da próxima vez que pensares em me atacar penses duas vezes antes me atingir. Talvez da próxima vez que pensares em pisar o mesmo milímetro cúbico que ocupo na vida, penses duas vezes. Pensando bem, talvez não haja uma próxima vez, porque se houver… estarei de arma em punho, de calções justos e curtos, para te estourar de vez… qual Tomb Raider na playstation.

Aproveita o trilho do comboio e deixa-te ficar aí, entranha as poças de vomitado de quem já não anda sozinho pelas ruas do acaso. Há coisas que não fazem falta…  Muito menos o teu respirar infeccioso.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Acerca do post anterior...

... e a pedido da Lua Nova eu vim dizer... que o meu sexto sentido para estas coisas nunca falha..
Só mesmo isto.

Dia de merd@

 Li algures uma coisa que me ficou e hoje não poderia concordar mais.

"  Todos os dias começam com alguma potencialidade para se tornarem dias de merda. Mas alguns até terminam bem. Mas há aqueles que já começam dias de merda e terminam dias de merda ainda piores... "

O meu dia ainda mal acabou de começar, mas já sei como vai acabar. Na segunda hipótese.
Fuck life.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

O Desafio das Imagens

 ( apercebo-me agora ( uma h depois de ter publicado este post ), que profanei o desafio... mas agora não o vou mudar, LOL... :P, desculpem-me a distracção... )


Este desafio foi-me lançado pela Angel, e o objectivo é dar-me a conhecer por imagens. Ora bem, isto não é tarefa fácil, porque eu sou EXTREMAMENTE COMPLEXA E COMPLETA, por isso, seria impossível encontrar uma panóplia de imagens que abrangesse este maravilhoso ser que sou eu. Portanto, eu dar-me-ei a conhecer só um bocadinho, porque o resto vocês também têm que fazer alguma coisa e puxar pela imaginação.  Ah sim, também não publicarei nenhuma fotografia de mim, porque acreditem, mais vale continuarem na ignorância, LOL. Obrigada, Angel :) Um beijo grande.

O QUE ME FAZ RIR :

( O meu boneco do South Park )

NÃO PASSO SEM :
Amizade

( Amor )



PREENCHO-ME :
( Aprender )
FUNDO-ME:
(Noite )


ENCONTRO-ME :
( Palavras )

A MINHA ESTAÇÃO PREFERIDA:



APRECIO A :
( Minoria e diferença, no meio de maiorias e padrões )
PRECISO DE ESTAR RODEADA DE :

( Criatividade )

( Inteligência )

( Humor )

APRENDO DEMAIS COM OS :

( Animais )
NÃO SUPORTO NEM PERDOO:


Desafio agora o Sammael, A DoceSussurro, A Lua, O Robin K, o Gato das Botas e a lagarta.
Quem tiver coragem, faça-o também :)

sexta-feira, 23 de julho de 2010

A verdadeira beleza dos enterranços :D - II

 Mais um caso da vida real:

Ora bem, desta vez passou-se numa das alturas ( que era basicamente todos os dias ) em que os rapazes andavam com a testosterona em polvorosa por causa da carne fresca recém-chegada à equipa, com a piéce de resistence de ser Verão. Todos sabemos que no Verão faz calor, e se faz calor há que tirar o máximo de roupa possível. No Universo Qi era Verão o ano todo, porque a temperatura lá dentro era sempre igual, e sempre quente. Andava sempre tudo com os calores. Mas no Verão a coisa tomava proporções malucas. Era as gajas a irem com top´s fininhos justinhos e sem soutien e os gajos com os baldes de baba. Num desses dias...

Gajo 1 - Ei maaaan, tu biste bem como é que a - ( ora vou-lhe chamar de Sandra ) - Sandra está hoje? Eixxx, aquilo não existe, pá... 
Gajo 2 - Pois, ela está sem nada, pá!! Aquilo faz um gajo bater mal...
Gajo 1 - Porra meu, eu dava-lhe cá com o meu, ai daba daba... mas é que era à bruta... aquilo é que são bicos, pá... eu chupava-lhe como se fossem chupetas...

Gajo 2 fica com ar de pânico. Gajo 1 cala-se. E vira-se. Estava ali a Sandra a olhar para ele...

( Ele nunca mais deve ter falado sem olhar para trás... LOL )

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Gato presenteou-me :)


Portanto, o Cat of the Boots apanhou uma valente moca e deu-me um selo. ( deixa lá pá, ontem com a tainada que houve aqui em casa eu também fiquei tão bonita que passei subitamente a acreditar em combustão espontânea!....... :P )
Segundo as regras, é preciso:

1º. Colocá-lo (que já está).

2º. Oferecê-lo a cinco pessoas. E aqui é que fico meia perdida... mas vá, vocês depois partilham também e no final o selo acaba por ir parar a todos, já que andamos todos ligados. :)

- Robin K - espreitem o canto deste rapaz, ele faz música e tem talento!!

- MQ - por me teres feito aquela surpresa no teu blogue :)

- Rui - por ser a lagarta mais bem-humorada que já li :D

- *lua* - pela sensibilidade com que escreve,

- Angel - por estar sempre por perto e ser tão querida.

3º. Dizer qual o motivo mais provável de ir parar às bocas do mundo
Euhhh... deixa lá ver... humm... portanto, porqueeeee... a modos que... ok, não, não encontro motivo nenhum :D

Obrigado, Gato, és lésbico, mas és um querido :)

terça-feira, 20 de julho de 2010

Evasão


Há um gesto irremediado que cheira a saudade. Nos espaços por preencher dos momentos, tento pintar a tela com a tinta daquilo que sou; e escrever as páginas de preto, com aquilo que dou. É tempo de encapar as memórias, de envelhecer o que se perpetua intemporal. Colocar a perenidade do contexto e viver a hipnose. Não viverei no concílio dos regedores, os que fazem e desfazem, e acreditam nos conclaves da própria ambição. 

Inspirei o lodo e as minhas asas negras revezam-se, pela inconstância da luz. E fecham-se, na timidez da expiração. Prefiro não respirar mais.

Voo na direcção que me leva ao gesto irremediado. Liberto-me na noite ( presa na liberdade ) e evado-me na escuridão daquilo que me sou, daquilo tão pouco que tudo me levou. 

Quero ser-me mas não sei. Haverá por certo leitura disso, mas não a leio. Só no escuro me vejo em letras, sem luz, absorvida no texto que me liberta. E no gesto irremediado.

" LIS LITEM PARIT"  - Questão puxa questão

segunda-feira, 19 de julho de 2010

A hora do correio

Graças às preciosas dicas do Fresco_e_fofo ( muito obrigada! ), apresento o melhor momento ( para mim ) das Pistas da Blue. ( não descansei enquanto não trouxe este momento para aqui :) )
Depois de um fim-de-semana a curtir os ares do Gerês ( aquilo é tão espectacular... ) e a dormir quase nada por causa do álcool dos meninos da tenda ao lado ( e eu também, confesso :P ), cá estou... Boa semana a todos e fiquem com o vídeo...

video

sexta-feira, 16 de julho de 2010

A verdadeira beleza dos enterranços :D


Ora eu, que ando muito piadética, informo-vos que vou inaugurar a rubrica no blogue que se refere a enterranços. Por enterranços entenda-se aquelas situações em que nos apetecia fugir no momento a seguir de acontecer, por serem do mais vergonhoso que há e não os enterranços ordinários, ok? :). Enterranços meus, de outros, mas sempre estrondosos. Eu tenho uma panóplia deles, mas espantei-me quando descobri que há pessoas piores que eu... :D

No universo Qi, ( onde trabalhei 8anos ), a coisa tomava proporções mutantes, de forma a gravar no disco rígido e nunca fazer delete, para contar a filhos netos e todas as gerações possíveis a seguir à nossa. Muito rica e vasta, a cultura dos enterranços era preservada como se de um tesouro se tratasse. E o massacre a quem enterrava, era constante. Ninguém escapava. Éramos de uma grande... euh... maturidade.

As histórias, por muito surreais que sejam, são absolutamente verdadeiras, os nomes é que não, só para dar uma maior credibilidade à coisa :) Aqui vai a primeira : ( só falta o distorçor de voz :) )

O João e o Zé andavam numa fase muito madura, que consistia em andar constantemente a dar biqueiros e murros na pessoa que estava a trabalhar no posto ao lado, ou seja, constantemente picados. E nunca a trabalhar, claro. Um dia ensolarado, apeteceu-lhes voltar a fazer mais do mesmo e o João foi ao posto do Zé e espetou-lhe um murro, e claro, fugiu! O Zé prometeu vingança, pois claro. O João, sempre com medo de ser apanhado de surpresa, andava sempre na espreita, a ver se o Zé se aproximava, até que, por uma frinchinha, apercebe-se que o Zé vem na direcção dele e fica preparado para a visita. Mas eis que a meio do trajecto, o Zé desiste de ir ajustar contas com o João, porque vem o Chefe e dá meia volta e como um bom colaborador, coloca-se a jeito a trabalhar, como se não soubesse fazer mais nada. O João, que está preparado para a visita do Zé, apercebe-se de passos e pumba!!!! Grande golpe Karateca!!! No...chefe... que ia a passar.

( Devo acrescentar que ainda hoje quando nos lembramos deste episódio, faz doer a barriga de tanto que nos rimos... :D :D )


quinta-feira, 15 de julho de 2010

A Resposta :)

Visto que o Darsch já chegou lá menos uma palavra, aqui vai a resposta...
Aproveito para dizer que me fartei de rir com as vossas respostas, obrigada pessoal... lol :D
 PS : Já tive queixas por causa do dedo/mão e a pauta e a clave de sol e não-sei-que-mais que induz em erro, mas as queixas têm que ser feitas a quem inventou esta coisa... porque não merece ser chamado de dedicatória, lol. :)

terça-feira, 13 de julho de 2010

Vá, tentem adivinhar :)

Um amigo dos meus irmãos ( eu já referi algures aqui que tenho irmãos gémeos, mas é só para lembrar ) casou. Na altura, um dos meus irmãos, o Gema, escreveu a dedicatória mais... euhh... criativa, digamos assim, que eu já vi até hoje, no postal dos amigos. Partilho-a convosco, tentem adivinhar, vá lá! :)

sexta-feira, 9 de julho de 2010

As pistas da Blue

Não sei se alguma vez viram isto, na Tv2, mas eu ia às lágrimas de tanto rir! Dava todos os dias perto da hora do almoço... Duarte Gomes no papel da sua vida. LOL!
Vejam e partam-se a rir  :D
( pessoalmente o meu momento preferido era o da hora do correio :D, mas não encontrei nenhum vídeo que mostrasse, sem ser gigante )

terça-feira, 6 de julho de 2010

Desafio

Recebi este desafio da Angel, e eu aceito-o com muito gosto, até porque nos permite conhecer um pouco mais as pessoas. É giro. 
O desafio consiste em revelar 6 coisas que vocês desconhecem de mim... aqui vão:
1 : Aposto que vos enganei a todos com o meu post anterior extra-fofo, e por isso vou dizer-vos a verdade : tenho MUITO mau feitio. E sou teimosa como uma mula.
2 : Adoro salsichas com iogurte. ( quem se atrever a descontextualizar isto para a ordinarice, não publico :P )
3 : Sou adepta acérrima do FCP e viva o mais-recente Dragãozinho João Moutinho :D ( venham daí os insultos, quero lá saber :) )
4 : Rezo ao meu Anjo da Guarda todos os dias;
5 : ODEIO o Verão, o calor, os "avecs" e os "camones"... mas confesso que nesta época uma fresquinha Carlsberg tem o mesmo sabor que cobertores bem quentinhos em pleno Inverno.
6 : Odeio fígado e raia, arghhh... @_@


Agora passo o desafio a 6 amigos...esta é uma tarefa bastante complicada, porque 6 é um número muito pequeno:
1 -  Li
2 - Miss Dreams
3 - Lua
4 - Moonlight
5 - Ernesto
6 - Lua Nova

domingo, 4 de julho de 2010

Agradecimentos aos amigos do meu blogue :)


Hoje é noite de agradecimentos a todos os que fazem parte deste meu cantinho. Desengane-se quem acha que este Anjo Negro não tem sentimentos brancos, ah pois é, tem, e até tem de muitas cores, ( depende da roupa :P ou então não... ), tipo, uma espécie de arco-íris, estão a ver? Ele aparece assim, no meio da tempestade numa entreaberta, eu sou assim :)

Quero dizer-vos que estou diferente desde que criei este blogue. ( pois, envelheci, é bem verdade... ;_; - mas não é só por isso ). Fazer parte dos vossos cantos engrandece-me e mesmo não vos conhecendo, apraz-me saber-vos bem e felizes. Agradeço-vos em particular e em uno; em particular porque me permitem fazer parte do vosso quotidiano e mesmo pensamentos e da forma particular com que os expressais, e em uno porque também é para vós que me expresso. Os vossos blogues merecem ser divulgados, por isso, em todos haverá link, para quem quiser poder conhecer-vos.

Obrigada, DarSCH, pela nossa tão longa amizade e pela paciência de tantas vezes veres mal escrito o teu nome de blogger :P; obrigada Luazinha porque me absorves nessa tua dócil maneira de ser ( e pelo aneurisma que me vais causar por causa da parte I, II,III, IV.............. ); obrigada à Droky, por me exercitar a maldade na escova de dentes =D. Obrigada à Angel, por termos começado com o pé errado, porque foi este pé errado que deu origem à nossa amizade!, e à S* por ser tão fantástica e conseguir fazer habilidades incríveis de salto alto ( como arrumar!!!!! ah mulher do carago, pá!!! :) ); ao Sice, que odeia que lhe chamem Sinceramente ( tens que reconhecer a similaridade, pá! :) ). Ao amigo Jair, que dentro da nossa semelhança tanto lhe desejo um grande sorriso genuíno de felicidade e ao grande Ernesto, que partilha tanto daquilo em que eu acredito. À Lua Nova, que sempre me oferece chocolate quente e que eu aceito com a maior gulodice do mundo mesmo que aqui seja Verão =P  - o chocolate NUNCA se recusa!!! - e também ao MQ, que mesmo com o pc avariado e em altura de exames, deixa saudades do quiosque. Agradeço ao Sammael porque partilho com ele aquele gostinho tão bom da escuridão e ao especial amigo Edson, que tem uma sabedoria única. Agradeço à DoceSussurro o facto de me estar permanentemente a mandar para a reabilitação por causa dos morangos, das férias ou mesmo dos filmes de terror que não posso ver e da Vera, que ajuda tanto, com as suas fotos super-espectaculares de Londres. ( God damn them!!!! lá vou eu outra vez reabilitar-me da inveja... ;_; ). Agradeço também à Moonlight por sentir sempre uma tão grande conexão àquilo que escreve, ao Periquito por ter a coragem de partilhar momentos embaraçosos entre tachos e à Helena, por ser tão corajosa. Ao Toninho, por mostrar que apesar de tudo há beleza na distância e à Ritinha que conhece melhor que ninguém o significado da expressão Nosce te ipsum. ( Beijo grande pra ti, querida ). Ao autor de Pausa no Tempo, pela poesia silenciosa e intensa e ao Victor Floydiano, por partilhar a melhor música do mundo! À Li, que abraço com carinho e à Sonho, que tem um coração demasiado grande; ao RP pela intensidade que coloca naquilo que escreve e pela admiração que lhe tenho na postura. Ao Unknown Artist, que mostra a perspectiva menos boa de amar e pela sua sensibilidade de ajuda à DarkSoul, que sofre mas porque ainda não descobriu a linda pessoa que é. Agradeço também ao João Simões que foi dos primeiros a dar apoio e ao Lampâda, que tem um dom de fazer o que quer com as palavras ( como muito pouca gente, é brilhante! ).

Entretanto agradeço ao mais recentes, à Miss Dreams que me faz rir tanto quando diz que tropeça nas próprias trombas; ao Ricardo que escreve tão tão intensamente! ( espero aprender umas coisas contigo, ao ler o que escreves ); ao António Branco, que me proporcionou o melhor filme patriótico que vi até hoje; à A. com o seu tempo; e ao Rui Caldeira, que me fez andar aos trambolhões de tanto rir, aliás, não tenho memória de alguma vez me ter rido tanto com um blogue.
Os que não mencionei, não sei bem a razão, desculpem, mas é talvez por não comentarem ou não conheço tão bem.

Agradecimento ESPECIAL por último, ao Ventoínha Fugaz, por até aqui estar presente nos meus dias. Apesar de seres um verdadeiro atentado ao Português, LOL :D, obrigada por tudo...

E após este momento de divagação, regresso ao meu mau-feitio de Anjo Negro :)
Bom Domingo a todos e uma boa semana! :)

quinta-feira, 1 de julho de 2010

É por estas e por outras...


Sim, é por estas e por outras que dizem por aí que as mulheres só gostam de homens que as maltratem. Estou numa de histórias insólitas. E reais. Vou narrar-vos mais uma, preciso de opiniões, para contrastar com a minha...

Ela : Ah, e tal... Hoje fui inscrever-me no ginásio novo lá ao pé da minha casa. Parece-me muito fixe...
Ele : Humm... mas foste inscrever-te para quê? Alguma razão em especial?
Ela ( com ar confiante ) : Eh pá, não há nenhum motivo assim muito especial... é mais pelo pessoal que também vai comigo, e para manter a forma, sabes como é... :)
Ele : Pois, lá nisso tens razão... REDONDA é uma forma...

( silêncio constrangedor )
Seguido de um "ahhh, seu estúuupido... " e pancadinhas no braço.

Pois é, meu amigos... verdadinha. Mas a "piéce de resistence"é que... ela esventra-se por ele..... =)
( ah, sim, esqueci-me de mencionar, eles não têm compromisso nenhum um com o outro, são apenas colegas )